Advertisement
 
The Quran:
سورة الروم

30. Ar-Room | 60 verses | The Romans | Meccan

Search | Recitation | Topics | Uthmani Script | Words | Quran Teacher

Bismi Allahi alrrahmani alrraheemi
1.
Alef, Lam, Mim.
2.
Os bizantinos foram derrotados.
3.
Em terra muito próxima; porém, depois de sua derrota, vencerão,
4.
Dentro de alguns anos; porque é de Deus a decisão do passado e do futuro. E, nesse dia, os fiéis se regozijarão,
5.
Com o socorro de Deus. Ele socorre quem Lhe apraz e Ele é o Poderoso, o Misericordiosíssimo.
6.
É a promessa de Deus, e Deus jamais quebra a Sua promessa; porém, a maioria dos humanos o ignora.
7.
Distinguem tão-somente o aparente da vida terrena; porém, estão alheios quanto à outra vida.
8.
Porventura não refletem em si mesmos? Deus não criou os céus, a terra e o que existe entre ambos, senão com prudência epor um término prefixado. Porém, certamente muitos dos humanos negam o comparecimento ante o seu Senhor (quando daRessurreição).
9.
Porventura não percorrem a terra, para observarem qual foi o destino dos seus antecessores? Foram mais vigorosos doque eles, cultivaram a terra e a povoaram melhor do que eles, cultivaram a terra e a povoaram melhor do que eles. Seusmensageiros lhes apresentaram as evidências. Não foi Deus Que os prejudicou, mas foram eles mesmos que se condenaram.
10.
E o destino daqueles que cometeram o mal será pior, pois desmentiram os versículos de Deus e deles escarneceram!
11.
Deus origina a criação, logo a reproduz, depois a ele retornareis.
12.
E no dia em que chegar a Hora do Juízo, os pecadores se desesperarão.
13.
E não acharão intercessores, entre os seus parceiros, e eles (próprios) renegarão seus parceiros.
14.
No dia em que chegar a Hora, nesse dia se separarão.
15.
Enquanto os fiéis, que tiverem praticado o bem, descansarão em um vergel.
16.
Os incrédulos, que tiverem desmentido os Nossos versículos e o comparecimento da outra vida, serão entregues aocastigo.
17.
Glorificai, pois, Deus, quando anoitece e quando amanhece!
18.
Seus são os louvores, nos céus e na terra, tanto na hora do poente como só meio-dia.
19.
Ele extrai o vivo do morto, e o morto do vivo; e vivifica a terra, depois de haver sido árida. E assim sereisressuscitados!
20.
Entre os Seus sinais está o de haver-vos criado do pó; logo, sois, seres que se espalham (pelo globo).
21.
Entre os Seus sinais está o de haver-vos criado companheiras da vossa mesma espécie, para que com elas convivais; ecolocou amor e piedade entre vós. Por certo que nisto há sinais para os sensatos.
22.
E entre os Seus sinais está a criação dos céus e da terra, as variedades dos vossos idiomas e das vossas cores. Emverdade, nisto há sinais para os que discernem.
23.
E entre os Seus sinais está o do vosso dormir durante a noite e, durante o dia, e de procurardes a Sua graça. Certamente, nisto há sinais para os que escutam.
24.
E entre os Seus sinais está o de mostrar-vos o relâmpago, provocando temos e esperança, e o de fazer descer a água doscéus, com a qual vivifica a terra depois de haver sido árida. Sabei que nisto há sinais para os sensatos.
25.
E entre os Seus sinais está o fato de os céus e a terra se manterem sob o Seu Comando, e, quando vos chamar, uma sóvez, eis que sareis da terra.
26.
E Seus são todos aqueles que estão nos céus e na terra; tudo Lhe obedece.
27.
Ele é Quem origina a criação, logo a reproduz, porque isso Lhe é fácil. Sua é a mais elevada similitude, nos céus e naterra, e Ele é o Poderoso, o Prudentíssimo.
28.
Apresenta-vos, ainda, um exemplo tomado doe vós mesmos. Porventura, compartilharíeis faríeis daqueles que as vossasmãos direitas possuem parceiros naquilo de que vos temos agraciado e lhe concederíeis partes iguais ás vossas? Temei-osacaso, do mesmo modo que temeis uns aos outros? Assim elucidamos os Nossos versículos aos sensatos.
29.
Porém, os iníquos se entregam nesciamente ás suas luxúrias; mas quem poderá encaminhar aqueles que Deus tem deixadoque se desviem? Esses jamais terão socorredores!
30.
Volta o teu rosto para a religião monoteísta. É a obra de Deus, sob cuja qualidade inata Deus criou a humanidade. Acriação feita por Deus é imutável. Esta é a verdadeira religião; porém, a maioria dos humanos o ignora.
31.
Voltai-vos contritos a Ele, temei-O, observai a oração e não vos conteis entre os que (Lhe) atribuem parceiros.
32.
Que dividiram a sua religião e formaram seitas, em que cada partido exulta no dogma que lhe é intrínseco.
33.
Quando a adversidade açoita os humanos, suplicam contritos ao seu Senhor; mas, quando os agracia com a Suamisericórdia, eis que alguns deles atribuem parceiros ao seu Senhor,
34.
Para desagradecerem o que lhes concedemos. Deleitai-vos (enquanto puderdes), pois logo o sabereis!
35.
Porventura, enviamos-lhes alguma autoridade, que justifique a sua idolatria?
36.
Mas quando agraciamos os humanos com a misericórdia, regozijam-se dele; por outra, se os açoita a adversidade, peloque as suas mãos cometeram, ei-los desesperados!
37.
Porventura, não reparam em que Deus prodigaliza e restringe a Sua graça a quem Lhe apraz? Por certo que nisto hásinais para os crentes.
38.
Concede, pois, aos parentes os seus direitos, assim como ao necessitado e ao viajante. Isso é preferível, para aquelesque anelam contemplar o Rosto de Deus; e estes serão os bem-aventurados.
39.
Quando emprestardes algo com usura, para que vos aumente (em bens), às expensas dos bens alheios, não aumentarãoperante Deus; contudo, o que derdes em zakat, anelando contemplar o Rosto de Deus (ser-vos-á aumentado). A estes, ser-lhes-á duplicada a recompensa.
40.
Deus é Quem vos cria, e depois vos agracia, então vos fará morrer, logo vos ressuscitará. Haverá alguém, dentre osvossos parceiros, que possa fazer algo similar a isso? Qual! Glorificado e exaltado seja Ele de tudo quanto Lhe associam!
41.
A corrupção surgiu na terra e no mar por causa do que as mãos dos humanos lucraram. E (Deus) os fará provar algo deque cometeram. Quiçá assim se abstenham disso.
42.
Dize-lhes: Percorrei a terra e observai qual foi a sorte daqueles que vos precederam; sua maioria era idólatra.
43.
Fixa, pois, o teu rosto na verdadeira religião, antes que chegue o dia inevitável de Deus; nesse dia (os humanos) sedividirão (em duas partes).
44.
O incrédulo sofrerá o peso da sua incredulidade; ao contrário, aqueles que tiverem praticado o bem, estenderão leitos (para repouso) para si próprios (no Céu),
45.
A fim de que ele recompense, com a Sua graça os fiéis, que praticam o bem; sabei que Ele não aprecia os incrédulos.
46.
E entre os Seus sinais está o de enviar ventos alvissareiros (prenunciativos de chuva), para agraciar-vos com a Suamisericórdia, para que os navios singrem os mares com o Seu beneplácito, e para procurardes algo de Sua graça; quiçá Lheagradeçais.
47.
Antes de ti, enviamos mensageiros aos seus povos, que lhes apresentaram as evidências. Vingamo-Nos dos pecadores, eera Nosso dever socorrer os fiéis.
48.
Deus é Quem envia os ventos que agitam as nuvens, e as espalha no céu como Lhe apraz; logo as fragmenta, e observas achuva a manar delas, e quando a envia sobre quem Lhe apraz, dentre os Seus servos, eis que se regozijam.
49.
A despeito de estarem desesperados antes de recebê-la (a chuva).
50.
Contempla, pois, (ó humano), os traços da misericórdia de Deus! Como vivifica a terra, depois de esta haver sido árida! Em verdade, Este é o (Mesmo) Ressuscitador dos mortos, porque Ele é Onipotente.
51.
Mas, se lhes houvéssemos enviado ventos glaciais e as vissem (as suas semeaduras) crestadas, tonar-se-iam, depoisdisso, ingratos.
52.
Certamente não poderias fazer ouvir os mortos, nem os surdos, quando voltam as costas em fuga.
53.
Nem és guia dos cegos, em seu erro, Só podes fazer-te escutar por aqueles que crêem nos Nossos versículos e sãomuçulmanos.
54.
Deus é Quem vos criou da debilidade; depois da debilidade vos vigorou, depois do vigor vos reduziu (novamente) àdebilidade, e à velhice. Ele cria tudo quanto Lhe apraz, e é o Poderoso, o Sapientíssimo.
55.
E no dia em que chegar a Hora, os pecadores jurarão que não permaneceram nos sepulcros mais do que uma hora. Comose equivocarão!
56.
Porém, os sábios e fiéis dir-lhes-ão: Permanecestes no decreto de Deus até ao Dia da Ressurreição. E este é o dia daRessurreição; porém, vós ignoráveis.
57.
Neste dia, a escusa dos iníquos de nada lhes valerá, nem serão resgatados.
58.
Neste Alcorão, temos proposto aos humanos toda a espécie de exemplos: E quando lhes apresentas um sinal, osincrédulos dizem: Não fazeis mais do que proferir vaidades.
59.
Assim Deus sigila os corações dos insipientes.
60.
Sê perseverante, porque a promessa de Deus é inexorável. Que não te abatem aqueles que não crêem (na tua firmeza).

Listen Quran Recitation

Mishary Rashed al-Efasy
Prophet's Mosque (4 Reciters)
Mohammed Siddiq Al Minshawy
Abdullah Basfar
Muhammad Aiyub
Sodais and Shuraim
World Prayer Times
Free Dictionary for Mobile Phones